2005/10/18

Opinanços

Começo já, confesso que tardiamente e com alguma vergonha minha (sim, também uso disso! mas só quando faz bom tempo e o sol da tardinha se põe embalado pelo Vitinho que já não dá), com uma palavra de agradecimento pelo convite que me foi endereçado para aqui vir revelar em primeiríssima mão aquilo que faz de mim quem sou...
Pois... ideias, pensamentos, delírios... estou a falar de quê afinal? Vi que o Boggman votou em mim e eu sem dúvida alguma voto nele! Sempre votei assim e não estou nada arrependido, muito pelo contrário! Estava à espera do meu Tacho... e finalmente chegou!

Uma referência breve ao sonoro...

Alguém viu o que o PSD arrebentou com o PS um destes dias? O Marques Mendes não apareceu muito porque o gajo é baixinho e os cameramans não encontram o Luís na multidão.De resto o panorama mantém-se como habitualmente: extremamente desanimador! Já não apertamos o cinto, agora cortamos o gajo ao meio e dá para fazerem dois!!! Esta malta não pensa??

...Juro que sou adepto das reticências (como hão-de reparar), acima de tudo daquelas que me completam somente porque alguém entende algo que quis ouvir sem ter de ser dito.
Pelo que escrevo me defino porque escrevo mais do que que penso, ou assim tento. Não sei porquê aqui, não sei porquê assim... é um processo auto-construtivo, uma semente de palavras que se replica sem origem nem término aparente... e permanece...Mas opino sobre tudo e sobre nada, e estou por cá, como o Santana Lopes ando por aí.Em jeito de olá, não me parece mal deixar aqui bem explícito que uma grande variedade de margarinas não implica necessáriamente que nós saibamos escolher a melhor, nem nos garante que a melhor seja mesmo boa!! Como nos melões, há que lhes saber apalpar os rabos!

..

Agora que temos estes dois pontos assentes, posso passar ao importante sem mais delongas...

Onde é que tudo começa e onde é que tudo acaba? Será ELE o fiozinho que suporta o mundo num cenário rasca de série B do equivalente ao pior realizador possível nos cineastas do MUNDO DELES? Ou é outra cena mais sofisticada, tipo um micróbio roxo?
"Delongas" sempre me fez recordar avestruz, e descobri isso há um minuto atrás.